Veja quem já anunciou apoio à Greve Geral de sexta-feira

Trabalhadores dos setores da educação, transporte, comércio e serviço vão parar no dia 14

  • Por: Carolina Dill (1º semestre) e Irto Junior (3º semestre) | Foto: Carolina Dill (1º semestre) | 12/06/2019 | 0

Sindicatos das mais diferentes categorias estão mobilizando os trabalhadores pela adesão à Greve Geral, que ocorre na próxima sexta-feira, 14, em todo o País. Os protestos acontecem em razão da atual proposta de Reforma da Previdência feita pelo Governo Federal e dos cortes de gastos nas universidades públicas federais.

As Centrais Sindicais estão organizando um ato às 18h, na Esquina Democrática, com concentração a partir das 17h. Durante a semana, no Largo Glênio Peres, o movimento sindical está coletando assinaturas contra a Reforma da Previdência. O abaixo-assinado será encaminhado à Câmara dos Deputados.

A lista abaixo aponta as categorias que já decidiram cruzar os braços na sexta-feira. O levantamento foi feito pelo Editorial J.   

 

EDUCAÇÃO:

O Sindicato dos Professores de Institutos Federais de Ensino Superior (ADUFRGS), dos docentes da UFRGS, UFCSPA, IFRS, IFSul, vão aderir ao movimento.  

O CPERS, sindicato dos professores da rede pública estadual, orientou pela paralisação.   

 

TRANSPORTES:

O Sindicato dos Metroviários (Sindimetrô RS), categoria que opera o Trensurb, se posicionou favorável à paralisação. Também vão aderir à greve o Sindicato dos Rodoviários do Rio Grande do Sul (Sindirodosul) e o Sindicato dos Trabalhadores de Empresas de Transporte de Porto Alegre (Stetpoa).

 

COMÉRCIO E SERVIÇOS:

A Federação de Comércio de Bens e Serviços (Fecosul), que responde pelos trabalhadores de comércios de bens e serviços, e o Sindicato dos Bancários (SindBancários) também participam da mobilização.