Artistas homenageiam os 400 anos da morte de Shakespeare

Concerto pertence ao projeto Shakespeare 400 Anos, que contará também com peças de teatro e exibição de filmes

  • Por: Sofia Lungui (1º sem.) | Foto: Mia Sodré (1º sem.) | 03/06/2016 | 0

_MG_2031
A abertura oficial do projeto Shakespeare 400 Anos, promovido pelo Instituto de Cultura da PUCRS, uniu o Coral e a Orquestra Filarmônica da universidade a outros artistas consagrados na noite de 1º de junho. O concerto contou com a presença da soprano Rosimari Oliveira, da mezzo-soprano Luciane Bottona, além do grupo vocal feminino Donna Voce, para lembrar os 400 anos da morte do bardo inglês.

Durante o concerto foi narrada a peça Sonho de Uma Noite de Verão, uma das mais famosas do dramaturgo. Nos intervalos do texto, os artistas reproduziam o op. 61 do compositor alemão Felix Mendelssohn, que se inspirou na peça apresentada para compor a obra. Mendelssohn produziu o concerto de maneira incidental, em diferentes momentos de sua vida. A peça é constituída por 14 movimentos e foi interpretada pelos músicos para dar vida à narração da trama. O texto original de Shakespeare foi adaptado pelo professor Pedro Theobald, da Faculdade de Letras da PUCRS (FALE), e recitado por Charles Dall’Agnol, ator e professor de português e inglês. Com a plateia do Salão de Atos quase cheia, o concerto foi regido por Marcio Buzatto (Orquestra da PUCRS) e Eduardo Ulrich (Donna Voce).

O projeto

O projeto Shakespeare 400 Anos, idealizado pelos professores Pedro Theobald e Flavio Kiefer, pelo maestro Marcio Buzatto e por diretores de faculdades diversas da PUCRS, visa homenagear William Shakespeare (1564-1616), evocando seus principais feitos na literatura e no teatro. Serão realizadas palestras, peças teatrais, concertos e sessões de cinema ao longo deste ano, em eventos abertos a todos os públicos. “Homenagear William Shakespeare (…) significa fazer referência a uma produção que projeta luz sobre o nosso próprio cotidiano, seja ele amoroso, festivo, político ou dramático”, explica o folder do concerto de abertura.

A primeira apresentação ocorreu no dia 28 de abril, na Faculdade de Comunicação Social (Famecos), com um esquete realizado pelo Grupo de Teatro do Curso de Extensão da PROEX. “Nós resolvemos não concentrar os eventos em uma semana, como muitas vezes se faz, por ocasião de uma efeméride, mas distribuir durante o ano”, explicou o responsável pela curadoria do projeto, Pedro Theobald. Segundo o professor, foram colhidas diversas ideias dentro do campus, até que o projeto se concretizou. “Contribuíram principalmente o Instituto de Cultura, a Faculdade de Letras (FALE), a Escola de Humanidades e a Famecos”, relata. A intenção dos coordenadores é levar movimentação cultural à PUCRS de forma coletiva.

Próximos eventos

Um dos eventos mais importante ocorrerá nos dias 20 e 21 de outubro: será representada na íntegra a peça Como Gostais (As You Like It). Quanto aos esquetes, o segundo acontecerá no dia 30 de junho às 19h, em homenagem à peça Otello, no saguão da Faculdade de Letras. Já as sessões de cinema serão todas em outubro, na Faculdade de Comunicação Social. A primeira delas ocorrerá no dia 4 de outubro, com a exibição de Macbeth. As datas estão sujeitas à alteração, por conta do longo intervalo de tempo entre algumas delas.