Bacia do Guaíba garante abastecimento de água na Capital

“Porto Alegre não precisa se preocupar com o abastecimento de água, o nível do Guaíba está normal”, afirma o engenheiro Luiz Fernando Souto, superintendente de Operações do Departamento Municipal de Água e Esgotos (DMAE). Ao contrário das cidades vizinhas, como Novo Hamburgo e São Leopoldo que iniciaram 2012 com medidas de racionamento devido ao baixo nível de água do Rio dos Sinos, a Capital não sofrerá com a estiagem que atinge grande parte do Estado devido a suas características hidrográficas. “O Guaíba, diferente do Rio dos Sinos, sofre influência do nível da Lagoa dos Patos, dos ventos e das contribuições de seus afluentes, que dependem das chuvas”, pontua o engenheiro.

A grande quantidade de afluentes facilita a captação de água para o abastecimento da cidade que não possuí em sua história registros de racionamento de água, segundo o DMAE. “Porto Alegre capta cerca de 6 mil litros de água por segundo de um manancial, no caso o Guaíba, com vazão aproximada de 1,4 milhão de litros por segundo. Portanto, a quantidade de água que retiramos do Guaíba para abastecer Porto Alegre é muito pequena comparada a sua vazão”, explica Souto.

Para coibir o desperdício algumas cidades que adotaram o racionamento instituíram decretos municipais que multam os cidadãos que fazem uso inadequado da água. No caso de São Leopoldo, a multa varia de R$ 114 a R$ 572. O engenheiro do DMAE acredita que, na Capital, essa punição é desnecessária. “Todos os decretos ou leis direcionados a coibir os desperdícios de água tratada são interessantes para as prestadoras de serviços de abastecimento de água. Entretanto, acredito que, em Porto Alegre, o trabalho para redução de desperdício tenha melhor resultado através de campanhas de educação da população, não sendo necessárias medidas punitivas”.

No relatório divulgado pela Defesa Civil em 4 de janeiro de 2012, 38 municípios há haviam decretado estado de emergência no Rio Grande do Sul por causa da seca.

Texto: Felipe Martini. Foto: Cleber Machado