Cachorros são alvo de roubos em Porto Alegre

Com o roubo da cadela Ping Fu, no inicio de setembro, no bairro Petrópolis, em Porto Alegre, outros casos ficaram conhecidos. Cada vez mais frequente, a ação preocupa donos que saem para passear com seus animais de estimação. Marianna Oliveira, dona da cachorra roubada, contou que não faz muito tempo houve um surto de roubos na Praça da Encol.

Segundo Vandi Lemos Tatsch, delegada da 8ª DP de Porto Alegre, o caso da cadela Ping Fu foi isolado. “Nos seis meses em que estou trabalhando aqui, esse foi o único roubo.” O pai de Marianna, João Oliveira passeava com a cachorra na Rua Sinimbu, no dia 10 de setembro, quando foi rendido por bandidos em um carro. Eles queriam levar qualquer coisa, no entanto, Oliveira não tinha nada de valor material, apenas a cadela. Quando disse que não possuía nada, um dos assaltantes sacou uma arma e pediu para que Oliveira entregasse a Ping Fu.

Com a divulgação das fotos para localizar a cachorra, muitas pessoas entraram em contato com a família Oliveira para expor outros assaltos. Uma dessas pessoas comentou que, no bairro Petrópolis, mais dois roubos aconteceram perto da Rua Ijuí. Os donos acharam seus animais de estimação no bairro Bom Jesus, depois de espalharem folhetos para “comprar” seus cães.

Se alguém tiver informações sobre a Ping Fu, pode entrar em contato com a família pelos seguintes telefones:

(51) 81974493 – (51) 99670770

Texto: Georgia Ubatuba (3º semestre)