Funcionários do DMAE trabalham em manutenção de estação de bombeamento

DMAE prevê retorno da água para 39 bairros de Porto Alegre na quarta-feira

  • Por: Virginia Fernandes e Natália Pegoraro (3º semestre) | Foto: Camila Lara (2º semestre) | 25/08/2015 | 0

Funcionários do DMAE trabalham em manutenção de estação de bombeamento

Ao longo desta quarta-feira, 26 de agosto, moradores dos 39 bairros afetados pelo corte no abastecimento de água devem ter o serviço normalizado, com a água voltando às torneiras. A previsão é do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) que estimava nesta terça (25) o término da manutenção na tubulação na Estação de Bombeamento (Ebab) Menino Deus até o final do dia. O reabastecimento das regiões vai ocorrer, a partir das 23 horas, aos poucos conforme a proximidade da Estação de Tratamento Menino Deus, informou o engenheiro James Schostack, responsável pela obra realizada.

A Estação de Tratamento de Água (ETA) Menino Deus abastece cerca de 39 bairros e 400 mil pessoas em Porto Alegre. Nessa terça-feira, o Dmae realizou uma manutenção preventiva de um vazamento que estava ocorrendo em uma tubulação de diâmetro 1m80 que é responsável pela captação da água do Rio Guaíba e encaminha para a Estação de Tratamento Menino Deus.

De acordo com o engenheiro Schostack, o vazamento já havia sido detectado há algum tempo e a prevenção se deveu ao medo do aumento, ou seja, deveria ser consertado pois isso poderia acontecer em uma época menos favorável como dezembro ou janeiro, período de maior consumo de água devido ao verão.

A data do conserto foi estudada. Previamente seria na semana passada, mas foi adiado devido ao jogo do Internacional, já que o Estádio Beira-Rio é abastecido pela rede de tratamento e haveria um maior número de pessoas na região do que normalmente.

Para evitar que a população tenha maiores prejuízos em períodos de falta de água, o Dmae exige que casas, edifícios, hospitais, bombeiros, comércio, escolas, por exemplo, tenham um reservatório para pelo menos 24 horas de consumo, explicou o engenheiro. Outra medida adotada para evitar consequências mais graves aos moradores dos bairros atingidos, o Dmae também comunicou antecipadamente à população da necessidade de suspender o abastecimento. Por isso, os técnicos do Dmae não acreditam que a falta de água tenha provocado maiores transtornos, uma vez que se espera que ações preventivas tenham sido adotadas pelos moradores.