Eleições do DCE da PUCRS estão suspensas

Motivada por reclamação de estudantes, juiz expede liminar que suspende o pleito

  • Por: Fernando Costa (1º semestre) | Foto: Fernando Costa (1º semestre) | 10/04/2018 | 0

As eleições do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da PUCRS, que aconteceriam nos dias 10 e 11 de abril, foram suspensas. Liminar foi expedida, nesta terça-feira (10), pela Vara Cível do Foro Regional Partenon.

A decisão foi tomada em razão da reclamação de estudantes, liderados pelo Movimento Aurora, de que a eleição seria fraudada, já que o edital foi divulgado após o prazo máximo para inscrições de novas chapas, reduzindo a disputa a uma única chapa. Os estudantes contestam o modo de escolha da comissão eleitoral e os prazos do estatuto vigente, que impossibilitou que outras chapas se inscrevessem para disputa.

Na noite de segunda-feira (9), um grande número de estudantes se reuniu em frente ao Prédio 11, Escola do Direito, onde fizeram uma assembleia e decidiram pela ocupação do diretório, marchando logo depois para frente do DCE situado no Prédio 8. Com a chegada dos manifestantes, parte da chapa Eclipse, gestão atual do DCE, se trancou dentro do diretório, junto com uma aluna que estava lá no momento e não conseguiu sair. A partir disso houve tentativas de mediação entre as partes sem sucesso. A ameaça de conflito cresceu e foi chamada a Brigada Militar pela Chapa Eclipse. Após empurra-empurra, policiais agrediram alguns estudantes e utilizaram gás de efeito moral (ver vídeo), os integrantes da gestão do DCE foram escoltados para fora do diretório.