Eleitores aproveitam os últimos minutos para votar

Na maior zona eleitoral do estado, o Colégio Marista Champagnat e a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, com oito mil e quinze mil eleitores respectivamente, houve um número representativo de abstenções, segundo dados preliminares dos mesários destas seções.

No Champagnat, não havia sala especial para justificativas; portanto o eleitor pode justificar em qualquer seção neste segundo turno. A movimentação foi grande nos últimos minutos antes das 17h.

O eletricista Jorge Flores, 53 anos, foi o último eleitor a votar na seção 362. Faltando um minuto para encerrar a votação, Jorge subiu correndo as escadas da escola para finalmente votar. “Quase não vim, meu carro parou na Freeway e fui guinchado pela Concepa”, relatou o eleitor.

A votação foi encerra exatamente às 17 horas sem problemas com as urnas. A primeira seção a entregar os documentos da votação para junta eleitoral da escola foi recebida com aplausos pelos mesários.

Texto: Daniely Medeiros (4º semestre)
Foto: Yanlin Costa (3º semestre)