EPTC libera cartaz que faria apologia a bebidas

Depois de gerar polêmica ao longo do dia, a propaganda do show da banda Jota Quest acabou sendo liberada pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC). O cartaz reproduz a foto de capa do novo álbum, onde há o desenho de uma mulher nua dentro de um copo de Martini.

A tarde chegou a circular a informação de que a peça seria vetada pela EPTC. O diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, em entrevista ao site Zero Hora admitiu que uma comissão da empresa havia entendido que a peça fazia um apelo ao uso simultâneo de álcool e direção, o que levaria a proibição.

Por volta das 17 horas, o Editorial J, em contato com a empresa, obteve a informação de que a decisão seria por liberar os adesivos que são colados nos vidros traseiros das lotações. A confirmação oficial da liberação foi feita por volta das 18 horas.

O Editorial J entrou em contato com a Sinergy, empresa que cuida da publicidade feita nas lotações de Porto Alegre, mas até o momento não houve resposta sobre como procederiam a respeito de toda a polêmica.

Texto: Betina Carcuchinski (2º semestre)