Evento da prefeitura não contempla bairros mais populosos da cidade

Localidades como Restinga e Rubem-Berta não receberão as ações que iniciam neste sábado

  • Por: Arthur Löser (2º semestre) | Foto: Divulgação/PMPA /Brayan Martins | 07/09/2018 | 0

Inicia neste sábado (08), em Porto Alegre, a Semana das Raquetes. O evento promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esportes (SMDSE) faz parte de um circuito de atividades que tem como intuito promover modalidades esportivas menos conhecidas pela população geral.

A primeira edição do evento ocorreu em março com a Semana das Águas, quando foram realizadas práticas esportivas como canoagem, natação, vela e stand-up paddle. Em abril, participaram do movimento da Semana das Lutas esportes como capoeira, judô e jiu-jitsu. Na Semana das Rodas, já em junho, ciclismo, patinação e até mesmo hóquei compuseram a programação. Segundo Johanna Ermacovitch Coelho, coordenadora de esporte e lazer da SMDSE, houve preparação de infraestrutura, assim como em todos os outros promovidos pela prefeitura. O critério de escolha dos esportes é simples: a abordagem está pautada em esportes que não compõem a programação da mídia em geral. A edição deste mês, Semana das Raquetes, ocorrerá durante toda semana em bairros como Independência, Moinhos de Vento, Ipanema e Cidade Baixa. Os maiores bairros da cidade, como Restinga e Rubem Berta, não foram contemplados com a atividade.

A coordenadora de esporte e lazer da secretaria explicou que as localidades foram escolhidas através de parceria público-privada, o que inviabilizou as atividades em determinadas áreas. “Não houve preferência por nenhuma região, não existiu esse critério. Quem estiver disponível para oferecer práticas à comunidade (profissionais e instituições que tenham ligação com os esportes em questão), todas as atividades serão disponibilizadas”, diz a coordenadora referindo-se ao fato de que para que tais eventos ocorram em outros bairros é preciso o interesse de todos que realizam o evento. A Semana das Raquetes terá atividades ministradas por funcionários da prefeitura e por parceiros.

Segundo Márcio Figueira, integrante da TV Restinga e morador do bairro há 38 anos, eventos promovidos pela prefeitura são cada vez menos frequentes por lá.  Ele destaca ainda que a comunidade carece desse tipo de iniciativa que integra esportes e impacta muito o público jovem.

Em contato com a reportagem, a prefeitura informou que há maiores informações sobre Centros Culturais e suas atividades no site > Locais de Atividades.

Confira a programação completa do evento.