Famílias da ocupação Lanceiros Negros aguardam aluguel social

Com essa promessa e a transferência provisória para o Centro Vida, a reintegração de posse foi realizada sem violência

  • Por: Felippe Morais (4° semestre) | Foto: Wellinton Almeida (5° semestre) | 28/08/2017 | 0
As famílias ocupavam o antigo Hotel Açores desde 14 de junho.
As famílias ocupavam o antigo Hotel Açores desde 14 de junho.

Após bloqueio policial por mais de 20 horas das ruas de acesso e muitas horas de negociações, as famílias de ocupação Lanceiros Negros concordaram em deixar o prédio do antigo hotel Açores, onde estavam desde 14 de junho, aceitando a transferência para o Centro Vida. Com o acordo, o comando da Brigada Militar conseguiu, no final da tarde de quinta (24), cumprir a reintegração de posse do imóvel situado na rua dos Andradas, Centro Histórico de Porto Alegre.

Conforme a ata do final da reunião, as famílias e seus pertences seriam transportados para o Centro Vida com a garantia de reformas deste local pelo Ministério Público e Brigada Militar até a liberação do aluguel social, para 24 famílias de imediato, por seis meses.

Ainda na noite de quarta-feira (23) às 23 horas, o pelotão de operações especiais (POE) bloqueou o acesso na Rua dos Andradas entre a as ruas General Bento Martins e Caldas Júnior para o cumprimento da reintegração de posse do Hotel Açores, da ocupação Lanceiros Negros Vivem. O despejo foi marcado no dia 22 de agosto entre representantes da Ocupação Lanceiros Negros Vivem (OLNV) que participaram de uma reunião no Comando da Brigada Militar.

Diferente da reintegração tumultuada no dia 14 de junho, que despejou o mesmo grupo de famílias de prédio situado na esquina das ruas Andrade Neves e General Câmara, houve uma mesa de negociações iniciada às 15h. Na reintegração de 14 de junho, feita à noite na véspera de feriado, foram usados gás lacrimogênio e bombas de efeito moral, o que provocou muitas críticas à administração do governador Sartori.

Confira a nossa galeria no Flickr sobre a reintegração de posse:

Desocupação Lanceiros Negros