Famílias deslocadas por obras na avenida Tronco vivem na incerteza a poucos dias da Copa

Em 2011, em razão das obras para a Copa do Mundo, a previsão era de que 4,5 mil famílias seriam removidas de suas casas em Porto Alegre. Os dados atuais apontam que cerca de 23 mil pessoas estão em processo de transferência pelo Departamento Municipal de Habitação. A Vila Tronco é uma das regiões da capital que teve moradores realocados e é também a maior ação de desocupação do país.

As mudanças decorrentes das obras no entorno, principalmente da duplicação da Avenida Tronco, transformaram a vida dos moradores da região. Antônio Daniel de Oliveira é morador da Vila Tronco e conta que, com a nova avenida, a comunidade teve que se adaptar ao movimento intenso do trânsito. Mas, para ele, tanto as obras quanto as transferências das famílias representam a oportunidade de melhora de moradia, de segurança e da acessibilidade.

O Demhab realiza o atendimento habitacional do local no Escritório Nova Tronco. As opções oferecidas para as pessoas removidas são o Bônus-Moradia, no valor de R$ 52.340,00, para a compra de um novo imovél; assentamento a partir do Programa Minha Casa, Minha Vida; ou indenização no caso do valor da edificação superar o do bônus.

Luciano Cardoso, coordenador da Associação de Moradores da Vila Tronco, explica que as remoções também geram dúvidas na comunidade. Ele afirma que nenhuma casa do programa de transferência foi construída ainda e que não há conhecimento de prazos para a conclusão das obras e das novas moradias. Para dar assistência aos afetados pelas remoções, foi criada a Comissão de Monitoramento dos Efeitos da Copa e Megaeventos (CMCopa), da Defensoria Pública do Rio Grande do Sul. O sub-coordenador da Comissão, Rodolfo Malhão, explica que a remoção da Vila Tronco foi iniciada pelo PAC da Copa, mas com os atrasos das obras, foi transferida para o PAC Mobilidade, sem relação com o Mundial.

No momento, existem no total 16 ações de remoção em diferentes regiões de Porto Alegre. Mesmo após o fim da Copa, a CMCopa continuará a atuar em conjunto com as famílias realocadas e a negociar com a prefeitura a respeito das transferências.

Escritório Nova Tronco (Demhab)

Endereço: Av. Moab Caldas, 125
Horário de atendimento: Segundas, terças, quartas e sextas-feiras, das 9h às 11:30h e das 14h às 17:30h

Texto: Caroline Medeiros (7º semestre)
Foto: Cristine Rochol/PMPA