Gasolina aumenta pela nona vez no estado

Movimentação acompanha mercado internacional

  • Por: Sofia Livonius (1º semestre) | Foto: Isabella Schmitt (1º semestre) | 28/05/2019 | 0

De acordo com dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), desde do dia 17 de março a gasolina subiu de preço pela nova vez no Rio Grande do Sul. O combustível também teve aumento em estados como Minas Gerais, Espírito Santo, Acre, entre outros. Na região sul, somente o Rio Grande do Sul sofreu essa alteração.

Gustavo Inácio de Moraes, coordenador do curso de Ciências Econômicas da PUCRS, ressalta que a oscilação é resultado dos movimentos do mercado internacional, além da situação geográfica do RS: “a política de preços da Petrobras é acompanhar o mercado internacional e Porto Alegre, a respeito de variações, tem acompanhado tanto quanto o restante do país. O preço da gasolina em Porto Alegre é mais alto pela distância do transporte e a Petrobras tem mostrado para empresas internacionais que é cara”.

Os nove aumentos ao longo de 2019 não foram consecutivos. No início do ano, houve uma recaída na média de preço da gasolina na capital gaúcha, entre os dias 06 de janeiro até 23 de fevereiro. No resto do ano, no entanto, a regra tem sido o aumento. O valor mais alto foi registrado na semana dos dias 28 de abril à 04 de maio, com média de R$4,814 na bomba.

De acordo com ANP, o valor da média da gasolina que passou é de R$4,809, um recuo de R$0,005. Em janeiro, o maior valor a que combustível chegou foi na penúltima semana, com a quantia de R$ 4,699 por litro. O menor valor do preço mínimo foi de R$ 4,039, durante a maior parte do mês.

Os dados estão disponíveis no site da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, http://www.anp.gov.br/