Lanceiros Negros querem aluguel social unificado

Alojadas no Centro Cultural Vida, famílias fizeram contraproposta à prefeitura para permanecerem juntas

  • Por: Vitor Kafruni (3º semestre) | Foto: Nicolas Chidem (4° semestre) | 31/08/2017 | 0

 

Os quartos são improvisados pois há pouco espaço.
Os quartos são improvisados pois há pouco espaço.

Há uma semana temporariamente abrigados no Centro Cultural Vida, na zona norte da Capital, as famílias do movimento Lanceiros Negros aguardam resposta da prefeitura de Porto Alegre à reivindicação apresentada pelo grupo de receber aluguel social unificado e não individualizado. O acordo com a prefeitura está em negociação.

De acordo com as coordenadoras do movimento, foi oferecido aluguel social para 24 famílias. Mas, o movimento conta com um número maior, sendo assim, fizeram uma contraproposta pedindo um contrato unificado. A resposta é aguardada no dia 4 de setembro.

Após a reintegração de posse do prédio do antigo Hotel Açores que era ocupado pelo movimento Lanceiros Negros, no Centro Histórico, as famílias aceitaram a transferência para o Centro Vida, enquanto esperam receber o aluguel social.

As famílias vivem em constante perigo com as condições do telhado.
As famílias vivem em constante perigo com as condições do telhado.

Na noite de quinta-feira (24/08), o grupo chegou ao local. Relatam que estava muito sujo devido a uma infiltração que ocorre no telhado do prédio.  “Se chover é o mesmo do que estar na rua, alaga tudo”, afirma Lisandra dos Santos, cozinheira e uma das coordenadoras responsáveis pelo movimento, que completou 37 anos no dia da mudança. Segunda Lisandra, os bombeiros supervisionaram e trouxeram uma lona, porém alegaram ser muito arriscado subir no telhado, indo embora sem resolver o problema.

Após cinco dias da mudança, as famílias conseguiram se organizar. O ambiente que ocupam é pequeno para as 60 pessoas que estão morando lá. As amplas salas são transformadas em quartos pequenos para a comodidade de todos. Durante o dia, eles empilham os colchões para haver espaço onde possam transitar. A cozinha é coletiva, há micro-ondas e uma geladeira em uso. Bebidas e comidas são organizadas nas prateleiras que já havia na casa. Apenas um chuveiro funciona, mesmo que haja dez na residência. Porém tem bastante espaço, como pátios, para as crianças brincarem.

Confira a nossa galeria no Flickr:

Lanceiros Negros no Centro Vida