Projeto mobiliza crianças para levar carinho a Brumadinho

Iniciativa levará cem naninhas para as crianças da cidade

  • Por: Clarissa Freiberger (1º semestre) | Foto: Carolina Dill (1º semestre) | 28/06/2019 | 0

Maria Clara Alvarez é uma menina de treze anos de idade que adora ajudar as pessoas. Já criou um projeto no qual fez vestidos e camisetas para crianças de uma escola carente, e outro em que confeccionou almofadas para crianças de um hospital. 

Após assistir na televisão reportagens sobre a tragédia que ocorreu em Brumadinho em janeiro deste ano, conta que ficou angustiada e decidiu fazer algo para ajudar. Ela criou um projeto para levar um pouco de conforto às famílias. O Naninhas para Brumadinho consiste em levar cem Naninhas (pequenas almofadas decoradas) para essas crianças. 

Aluna de costura há três anos, começou a costurar em casa e logo pediu ajuda à sua professora, Luciana França. Assim reuniram quinze crianças para uma oficina onde aprenderam a fazer as Naninhas. O sucesso foi tanto que entre crianças, parentes e amigos que ajudaram de alguma forma somaram-se quarenta pessoas. Ao ver seu projeto pronto, Maria Clara se diz orgulhosa, feliz e emocionada, “para mim, Naninha é uma coisa que conforta, é uma coisa que acalma, você pode abraçar quando está mal”. Ela ainda completa “esses projetos surgem através do amor que eu tenho pelas pessoas”.

No próximo dia 29, Maria Clara e sua mãe, Glaucia Alvarez, entregarão pessoalmente as naninhas em Brumadinho. Isto acontece através de outra iniciativa, o A Arte abraça Brumadinho, cujo realizador, Carlos Araújo Netto, fez questão de convidá-las e levá-las ao local. Lá, entregarão oitenta naninhas numa comunidade quilombola. Durante o show da família Jobim farão uma entrega simbólica para três crianças. 

A Arte abraça Brumadinho é um programa realizado pela Fundação Dom Cabral e voluntários que levam à cidade uma vez por mês teatro, literatura e música. 

Confira no vídeo abaixo a entrevista com Maria Clara e com outras colaboradoras do Naninhas para Brumadinho: