Piloto de balão: trabalho nas alturas

ANAC fiscaliza e estabelece exigências para exercer a profissão e o uso dos equipamentos

  • Por: Sofia Livonius (1º semestre) | Foto: Carolina Dill (1º semestre) | 08/05/2019 | 0

De passatempo a profissão que ganha espaço entre as atividades esportivas que ajudam a movimentar a economia. Assim é o balonismo na visão de quatro pilotos que participaram das competições do 31° Festival Internacional de Balonismo, na cidade de Torres, nos primeiros dias deste mês de maio. Laís Pinho foi a única mulher piloto em Torres neste ano, Murilo Hoffmann e Murilo Gonçalves foram respectivamente campeões da 31° edição e a do ano passado e Sacha Haim, piloto oito vezes campeão do festival.

Para ser piloto de balão hoje é preciso ser aprovado no exame Brevê que concede a carteira de habilitação para pilotar avião e no exame médico feito em clínica credenciada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Além disso, todo o equipamento usado é revisado e recebe muitos cuidados explica Lais Pinho.  Como o equipamento é muito caro, principalmente o gás para o abastecimento, patrocinadores são importantes para sustentação financeira, como revelam os pilotos Murilo Hoffmann e Murilo Gonçalves, campeões da 31° e da 30º edição.

Voar nas alturas é uma sensação de poder libertadora para os pilotos, uma experiência indescritível, conta Hoffmann. Participar de competições e voos com passageiros é um sonho de criança que se realizou, reconheceram os pilotos que cresceram conhecendo o festival criado em 1989.

De acordo com o piloto octacampeão (Sacha Haim), o seu voo mais marcante foi no Paraná, em evento que reunia muitos pilotos conhecidos quando foi vitorioso. Outro momento emocionante foi sua primeira vitória no festival.

O 31° Festival Internacional de Balonismo aconteceu entre os dias 1° e 5 de maio. Entretanto, quem quiser voo de instrução de balão na cidade de Torres pode fazer pacotes com os pilotos Lais Pinho e Murilo Hoffmann. Caso prefira em outra cidade pode entrar em contato com Murilo Gonçalves, na região dos Aparados da Serra (SC). Para entrar em contato com os pilotos, você pode agendar pelo Instagram.