Torneio de futebol americano é disputado na Restinga

Uma disputa de futebol americano, esporte pouco difundido no Brasil, foi realizada no último domingo (21/9) no bairro Restinga, em Porto Alegre. Participaram do Torneio Farroupilha quatro times provenientes da Capital, de Viamão, de Pelotas e de São Leopoldo. Venceu o Restinga Redskulls, de Porto Alegre. A modalidade praticada chama-se “no pads”, que se assemelha muito ao rugby porque os jogadores não usam equipamentos de proteção, mas as regras seguidas são praticamente as mesmas do futebol americano. Há pequenas diferenças, como, por exemplo, a maneira de execução do “tackle” (jogada feita para tirar a bola do adversário ou para barrá-lo).

O evento foi organizado pelos times participantes: além do vitorioso, Viamão Raptors, São Leopoldo Mustangs e Pelotas Ants. O torneio contou com uma estrutura simples, mas bem organizada, com a realização de dois jogos pela manhã e dois pela tarde.

O primeiro confronto ocorreu entre os times de Viamão e de Pelotas, com placar de 34 a 0, respectivamente. Logo em seguida, foi a vez do favorito, os Redskull, que tinham a maior torcida, mas o jogo precisou ser interrompido, pois um dos jogadores do time adversário, os Mustangs, quebrou a mandíbula. O placar ficou em 37 a 0 para o time da Capital. Havia uma ambulância de prontidão durante a maior parte das partidas, mas justamente em que ocorreu o acidente, o veículo não se encontrada disponível.

O terceiro jogo ocorreu à tarde entre o Ants de Pelotas, que venceu o São Leopoldo Mustangs por 12 a 7, mesmo tendo menos jogadores em campo, garantindo o terceiro lugar. A final, entre Restinga Redskulls e Raptors, teve vitória por 52 a 0 do time da Capital.

O esporte ainda está se estruturando no Estado, não havendo uma federação que organize a atividade. O campeonato gaúcho, praticado na modalidade “full pads” (com uso de equipamento de proteção), é jogado da mesma forma que nos Estados Unidos, país de origem do esporte, conforme o jornalista Henrique Riffel, que mantém um blog sobre o esporte (henriqueriffel.wordpress.com).

Texto: Vitória Mollerke (1º semestre)