Urna que auto completa e Neymar apoiando Bolsonaro: veja o que é verdade e o que é fake

Editorial J conferiu algumas das matérias mais publicadas nas redes sociais no dia da eleição em primeiro turno 2018

  • Por: Eduarda Endler (8º semestre) | 07/10/2018 | 0

Neste domingo de votação, notícias polêmicas assustaram os usuários das redes sociais e provocaram questionamento sobre a veracidade das informações. O Editorial J fez a conferência das principais publicações.

Urna auto-completa voto: FALSO
Um vídeo circulando nas redes sociais, em que a urna completa o voto após digitar o número um, é falso. O vídeo mostra que após digitar o número, há uma sugestão de voto para o candidato Fernando Haddad (PT), número 13. O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) afirma que o vídeo é falso. O TRE-MG ainda disponibilizou filmagens de editoria de votação em duas urnas, de modelos de 2015 e 2008, para que os eleitores entendam o encerramento da votação.

Voto processado antes de confirmar: FALSO
Vídeo circulando nas redes sociais mostra que o voto para presidente é processado antes de apertar a tecla “Confirma”, como se a urna não estivesse contando o voto. Em nota, a Justiça Eleitoral esclareceu que a mensagem é falsa.

Mulher suja urna eletrônica com sangue de menstruação: FATO
Em Ibiporã, no Paraná, uma mulher foi detida após danificar uma urna eletrônica. Além de sujar a urna com sangue de menstruação, a mulher jogou a urna no chão. De acordo com eleitores que estavam no local, a mulher gritou por diversas vezes “Lula livre”.

Neymar e Gabriel Jesus curtem post de apoio a Bolsonaro: FATO
Até hoje, Neymar e Gabriel Jesus não haviam se manifestado sobre a situação política do Brasil. Entretanto, a dupla curtiu uma publicação pró-Bolsonaro feita pelo Alan Patrick.