Confira o banco de dados sobre as concessionárias de pedágio

A reportagem “A matemática bilionária dos pedágios” surgiu a partir da descoberta de um documento do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer-RS), que trazia dados sobre o trabalho das concessionárias de pedágio durante cada um dos 15 anos de contrato com o governo do Estado. O Editorial J começou a trabalhar com o arquivo no meio do primeiro semestre de 2013, inicialmente criando um banco de dados com a totalidade desses números, mas criando, a partir deles, valores novos.

As informações do documento intitulado Relatório de acompanhamento do programa de concessões do Rio Grande do Sul – 1998 a 2012 – Relatório N° 27, disponível no site do Daer, foram passadas para uma planilha nova. Trabalhamos principalmente com os valores de receita e gastos com a estrada, divididos entre investimento, manutenção e conservação. Esses dados foram escolhidos pois eram os que mais impactavam na população do Estado, revelando o quanto ela contribuiu e recebeu de volta. Como a intenção era chegar em números finais que retratassem o total do trabalho das concessionárias, foi necessário corrigir os valores de 1998 a 2011 pelo IPC-A, para que a soma dos anuais não fosse afetada pela inflação.

Clique aqui para ver as planilhas com receitas e gastos dos polos de pedágio

Você pode ler a reportagem na 14ª edição do Editorial J impresso.

Foto: Caroline Ferraz

Deixe um comentário