Quem são as pessoas que visitam os Museus em Porto Alegre?

Mulheres de escolaridade elevada, brancas e com empregos remunerados são as maiores frequentadoras de museus

  • Por: Cecília Petrocelli Fontoura (1º semestre) e Mariana Gomes Puchalski (3º semestre) | Foto: Nádia Probst (1º semestre) e Giulia Cassol (2º semestre) | 26/12/2017 | 0
Visitante fotografa obra em exposição no MARGS. Foto: Nádia Probst
Visitante fotografa obra em exposição no MARGS. Foto: Nádia Probst

O público está escasso nos museus de Porto Alegre. É o que exibe a pesquisa feita pelo Editorial J no Museu de Arte do Rio Grande do Sul (MARGS) e na Casa de Cultura Mário Quintana nos meses de novembro e dezembro.

A pesquisa foi dividida em duas partes. A primeira parte envolveu visitar os museus durantes os dias da semana e aplicar um questionário em que os visitantes responderam questões sobre a circunstância da visita e dados socioeconômicos, como escolarização, faixa etária e sexo. A segunda parte consistiu em fazer as visitas durante os finais de semana e aplicar o mesmo questionário.

A análise dos questionários revelou que a maioria dos visitantes jovens, de 20 a 24 anos, estão cursando a faculdade ou já terminaram. Enquanto todos os visitantes de meia idade, de 40 a 44 anos, e terceira idade, de 60 a 69 anos, declararam exercer atividade remunerada e possuem ensino superior completo. Os estudantes mais jovens, que ainda cursam o ensino fundamental ou o ensino médio, só tem o hábito de frequentar os museus por meio da escola.

Com relação à renda familiar mensal, o público ficou dividido entre os indivíduos que recebem de 1 a 2 salários mínimos e os que recebem mais de 5 salários mínimos. Segundo o levantamento, o público dos visitantes dos museus pesquisados é predominantemente do sexo feminino.

Alguns dos visitantes dos museus são pessoas que trabalham com arte ou possuem ligação indireta com a área, como José Benedicto Ledur, que faz parte do Conselho da Fundação Bienal de Artes Visuais do Mercosul.

A pesquisa também mostra que as pessoas visitaram museus em média duas vezes em 2017. A maioria dos entrevistados não lembra quais foram as duas últimas mostras e exposições que visitaram neste mês, porém lembram quais foram os  museus visitados.

Questionados sobre o que falta em termos de lazer em Porto Alegre, os visitantes responderam que deveria haver segurança para que assim existissem  mais locais de lazer e acesso à cultura. Ainda assim, grande parte dos visitantes acredita que já existem várias opções de lazer na cidade, como por exemplo, cinema, festas e bares. Todos os visitantes também afirmaram que o hábito de ir aos museus se dava por curiosidade.

Apesar das poucas visitas, a presença de eventos culturais nas proximidades dos museus aumenta o número de visitantes. Segundo Maria Tereza Heringer, coordenadora do MARGS, cerca de 3 mil visitantes passaram pelo Museu durante a Feira do Livro de Porto Alegre, na Praça da Alfândega. Estes eventos incluem aqueles que ocorrem nos espaços dos museus, como apresentações de orquestras e exibição de filmes.

 

Confira a galeria de fotos

O perfil do público que frequenta os museus de Porto Alegre