Busca por conteúdos humorísticos cresce na web

Os acessos aos sites de humor cresceram 72% no último ano, segundo o Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope). Páginas que compartilham piadas e charges em redes sociais têm ainda mais destaque. Naftalina é um site que ilustra essas pesquisas, abrangendo as redes sociais, e oferecendo ao público piadas, montagens, vídeos e quadrinhos. Criado e mantido pelos publicitários Guilherme Koszeniewski, Pedro Leite e Giovane Cintra, o endereço virtual apresenta “humor nostálgico” com assuntos das décadas de 80 e 90.

Confira também: 
Pesquisa releva “febre” por vídeos na internet

O objetivo do Naftalina é atingir esse crescente público que procura ocupar seu tempo dando boas risadas. “Sabemos por pesquisas que 76% das pessoas que acessam a web têm interesse em humor. Além disso, uma em cada três pessoas que entra na Internet buscando passatempo acaba caindo no humor. Nós buscamos conquistar esse pessoal”, expõe Koszeniewski.

Pedro Leite, além de trabalhar com conteúdos humorísticos, é também consumidor do produto. “Eu procuro de tudo, quadrinhos, tirinhas, piadas filmadas e videocassetadas. Os vídeos, aliás, representam um braço muito forte no humor atual”.

O Naftalina foi apresentado na Wake Content Talent Show no evento youPIX, cujos palestrantes ressaltaram as características do humor que devem torná-lo uma plataforma para absorção de conhecimento, crítica, provocação e diversão. No evento foi revelado que a cada mês, são mais de 12 milhões de buscas por conteúdo de humor no Youtube e praticamente 90% de todos os vídeos que “bombam” na web brasileira são de entretenimento.

Texto:  Karine Flores (2º semestre)
Foto: Ana Maria Muller (4º semestre)

1 comentário

Deixe um comentário