Entrevista com Gil Castello Branco, fundador e secretário-geral da Associação Contas Abertas

Leia: Projeto ajuda população a exercer a cidadania através da fiscalização

Editorial J: Como surgiu a ideia de criar o projeto “Contas Abertas”?

Gil Castello Branco: A ideia surgiu em 2005. Como economista, eu trabalhei em vários órgãos públicos (ECT, Ministérios do Planejamento, Fazenda, Comunicações, entre outros) sempre na área orçamentária. Assim sendo, tive contato direto com o SIAFI (Sistema Integrado de Administração Financeira) onde são lançadas as despesas e receitas da União (Legislativo, Executivo e Judiciário). Posteriormente, assessorei parlamentares no Congresso extraindo do SIAFI informações sobre a qualidade e legalidade dos dispêndios públicos. Nesta ocasião, percebi o quanto essas informações interessavam aos jornalistas. Por sugestão de um deles, David Emerich, institucionalizamos o trabalho criando a Associação Contas Abertas.

EJ: Qual a influência de grupos como o “Contas Abertas” para a fortificação da democracia brasileira e da participação do cidadão?

Castello Branco: As atividades da Associação estão relacionadas, diretamente, ao fomento da transparência e do acesso à informação, como pressupostos do controle social. Temos um site (www.contasabertas.com.br) no qual divulgamos diariamente matérias com conteúdo orçamentário. Desde 2005, treinamos mais de mil jornalistas em cursos à distância e presenciais, entendendo que esses profissionais possuem efeito multiplicador junto à sociedade. Participamos de Fóruns, Seminários,palestras em Universidades e escolas sempre procurando demonstrar a importância do cidadão na discussão de temas políticos, econômicos e sócias relevantes para o País. Afinal, o Poder emana do Povo. O Estado somos nós.

EJ: Como o cidadão pode participar do “Contas Abertas”?

Castello Branco: Temos no site um espaço para a inscrição de colaboradores. Procuramos avaliar o perfil daqueles que pretendem auxiliar-nos de forma identificar a formação, o tempo disponível, as áreas de interesse etc.. para que possamos melhor interagir com esse cidadão. Também e-mail para ca@contasabertas.org.br.

Volte para a matéria Projeto ajuda população a exercer a cidadania através da fiscalização

Texto: Kimberly Winheski (1º semestre)

Deixe um comentário