Judô une amigos em busca do sonho olímpico

Igor Delfino e Dener Medeiros tem dez anos. Os dois são amigos. Moram no mesmo bairro, em casas próximas. Estudam na mesma sala de aula. São criados somente pela mãe. Mas a maior semelhança entre eles é o talento para a prática do judô. Eles são, hoje, o grande destaque e aposta do projeto IMAE – Instituto Imagem Multiesporte para as Olimpíadas do Brasil em 2016.

Judocas do projeto IMAE recebem instruções durante treino (Larissa Lofrano)

O IMAE incentiva crianças carentes a praticarem o judô há um ano. Mais de 40 crianças recebem uma bolsa para auxílio nas despesas com alimentação e estudos. Assim como Igor e Dener, todos os participantes do projeto treinam três vezes por semana nas dependências do clube Sogipa de Porto Alegre à noite. É com uma equipe formada por nutricionista, assistente social, educador social, assessor esportivo e professores de judô e auxiliares, liderados pela comerciante e ex-atleta Alice Paulo, que o IMAE alimenta o sonho das crianças de participar de uma Olimpíada.

Judoca Igor (C) recebe medalha de ouro (divulgação)

Com os olhos brilhando e muito orgulho, Alice fala de “seus meninos”, – como chama os pequenos atletas – principalmente, da dupla Igor e Dener. Ela conta que, logo na triagem para seleção das crianças, os dois chamaram muita atenção no tatame, sobretudo pelo olhar determinado que tinham sob seus adversários. E eles não decepcionaram. Dener tem um retrospecto impressionante, 11 medalhas de ouro em 12 competições. Igor já conquistou nove medalhas: seis de ouro, uma de prata e duas de bronze.

Judoca Denner (faixa azul, centro) durante competição (divulgação)

O objetivo da dupla é competir no Rio de Janeiro em 2016. Igor é direto ao responder se quer participar de uma Olimpíada: “É o meu sonho”. Já Dener, responde com timidez: “Quem sabe. Mas, gostaria de competir lá com 16 anos.” Os dois meninos acreditam que estão no caminho certo, que se permanecerem treinando bastante e com determinação chegarão lá.

Texto: Larissa Lofrano

Deixe um comentário