Leitores enfrentam filas e calor pelas dedicatórias

O termômetro marcava 35˚C. As filas estavam grandes. Mas isso não desencorajava os leitores que esperavam ter o livro autografado durante a 58º Feira do Livro de Porto Alegre.

A professora aposentada Wilma Claas era uma dessas pessoas. Fã de Martha Medeiros há anos, ela nunca teve uma publicação com a dedicatória da escritora. A motivação para encarar a fila veio da filha dela, que mora atualmente na Califórnia, Estados Unidos. Assim como a mãe, adora os livros da gaúcha e, ao saber que a autora estaria autografando o lançamento “Um lugar na janela: relatos de viagem”, pediu a mãe que lhe enviasse com livro devidamente assinado. E assim foi feito. Wilma ficou uma hora na fila para cumprir a missão. “Valeu a pena, sou fã dela desde que ela começou, com o Strip-tease em 85”, afirma a leitora.

O administrador de empresas, Watteau Bittencourt, conheceu a literatura de Martha por um presente de aniversário. No ano passado, recebeu o livro “Feliz por Nada” e virou fã.  Ele estava na fila há uma hora e havia ainda mais de 20 pessoas em sua frente. Mesmo assim, sem sinal de desânimo: “Eu me apaixonei pela maneira que ela escreve. Ter um livro com dedicatória vai ser recompensador por essa fila”. Enquanto aguardava, o livro recém-lançado era devorado página por página. O leitor estimava chegar na metade do livro até ser atendido pela escritora.

Naquele momento, outras publicações também estavam sendo assinadas. Uma delas era “Poesia na praça: Antologia poética patrulhense”, escrito por 56 autores de diferentes idades e experiências. A escritora Ângela Maria Machado é uma delas. Responsável pelo texto “Boneca de pano”, ela acredita que a dedicatória deve ter a marca registrado do assinante. “Sempre misturo algo específico para aquele leitor com poesia. O que vou escrever tem que vir do coração”,  conta a escritora. E pelo sorriso estampado no rosto dos leitores que iam deixando a fila, a mensagem carinhosa era muito bem-vinda.

Texto e fotos: Vithoria Vaz

Deixe um comentário