Prefeito prepara cidade para grandes catástrofes

Há dois anos, o prefeito municipal de São Francisco de Paula, Décio Colla, vem se aventurando por áreas desconhecidas. Para ele, uma catástrofe está próxima e é preciso preparar não apenas a população para as dificuldades, mas também receber moradores de outras regiões.

Para Colla, governo brasileiro está equivocado em não se preparar para possíveis catástrofes. Segundo ele, países de primeiro mundo estão muito avançados para possíveis desastres naturais.

O município gaúcho está localizado a 112 Km da Capital e, conforme o prefeito, a altitude é o principal fator para a segurança da população. Assim, a cidade 907 metros acima do nível do mar pode atrair muito mais do que turistas. Apesar da prefeitura ainda não ter dados sobre o aumento da receita e de moradores, pessoas de outras cidades mudaram para São Francisco por medo ou precaução de que a profecia se concretize.

O prefeito, também médico, garante que alerta a população como cidadão e não como politico. Ele acredita nas informações retiradas do calendário Maia, mas sem uma data específica, e que é preciso esperar para ver o que acontecerá na data que indica o fim do mundo para algumas pessoas. Colla acredita não neste final, mas em grandes desastres naturais, provocados pelo aquecimento solar e pela poluição, por exemplo.

O calendário marca o fim de um ciclo de 5.125 anos. Isto foi interpretado por algumas pessoas como o “fim do mundo”, com terremotos, tsunamis e enchentes por todo o planeta.

Mesmo não sendo esta a posição oficial do município, a orientação que o prefeito passa aos moradores é que mantenham em casa sempre uma reserva considerada de perecíveis como arroz, feijão. Destaca que seria de extrema importância guardar sal e água, pois em grandes desastres, produtos e serviços desaparecem do comercio, deixando a população sem condições de sobrevivência.

Texto: Carime Graziadei

Confira a localização de São Francisco de Paula

View Larger Map

Deixe um comentário