Projeto ajuda população a exercer a cidadania através da fiscalização

Adote Um Vereador é uma campanha lançada pela Central Brasileira de Notícias (CBN) de São Paulo ao final das eleições municipais de 2004. A ideia conta com a colaboração de pessoas, que adotam um vereador, ou um político de outro cargo, com o objetivo de acompanhar o seu trabalho e posteriormente divulgar em blogs e redes sociais as informações obtidas. “O poder de decisão e o uso do nosso dinheiro estão nas mãos dos políticos. Independentemente do candidato escolhido ter sido eleito ou não, é responsabilidade da população fiscalizar”, comenta Milton Jung, jornalista gaúcho, formado pela Faculdade de Comunicação Social da PUCRS (Famecos), que criou o Adote Um Vereador.

Jung: o poder de decisão e o uso do nosso dinheiro estão nas mãos dos políticos, devemos fiscalizá-los

Leia a entrevista com Cláudio Vieira, blogueiro ativo do projeto “Adote Um Vereador”

Leia a entrevista com Gil Castello Branco, fundador e secretário-geral da Associação Contas Abertas

O projeto começou em São Paulo, mas já conta com blogs individuais no Rio de Janeiro e Paraná. Além de ter influenciado a criação do “Adote Um Distrital”, em Brasília. Ao ser perguntado sobre a expansão do projeto para outros estados, Milton Jung revelou que “adoraria levar essa ideia para Porto Alegre. É muito simples aderir ao ‘Adote Um Vereador’, basta copiar, fazer uma ação individual, adotar um político e montar seu blog. Não há necessidade de organização. Se isso ocorresse em Porto Alegre, por ser minha cidade, me daria um grande orgulho”.

A iniciativa que tem como objetivo acompanhar o trabalho dos vereadores eleitos adquire com o tempo ainda mais maturidade e repercussão. “É uma ideia que ninguém para. Não somos uma ONG, ninguém nos financia, é algo simples, mas que ganha relevância. Atualmente somos convidados a participar de diversas atividades públicas”, expõe Jung.

Um caso relevante ocorrido através do “Adote Um Vereador” contou com a colaboração de um dos integrantes mais ativos do projeto, Cláudio Vieira. No ano passado, Marco Aurélio Cunha, vereador adotado por Cláudio, ganhou o I Prêmio de Boas Práticas Legislativas, pela ideia de incluir ao Serviço de Atendimento ao Cidadão, via Internet, a possibilidade de envio de imagens e vídeos. Essa concepção que agiliza o processo de resolução de problemas foi encaminhada ao vereador através de Cláudio. O caso mostra que a participação dos blogueiros não se restringe à fiscalização, mas também são sugeridas ideias, “o mais importante é o olhar crítico que o padrinho faz do mandato do adotado”, relata Cláudio.
Para quem mora no Rio Grande do Sul e sente vontade de participar, além da possibilidade de criar um blog e acompanhar o trabalho de algum político, pode também colaborar com o projeto Contas Abertas. A iniciativa é comandada pelo economista Gil Castello Branco que ressalta a importância da participação da população no trabalho de fiscalização.

Confira o projeto em http://vereadores.wikia.com/wiki/Página_principal

Ouça o convite de Milton Jung para também participar do Adote um Vereador:

Texto: Karine Chagas Flores (1º semestre)

 

1 comentário

Deixe um comentário