Trinta anos depois, Buenos Aires lembra a Guerra das Malvinas

A Guerra das Malvinas, iniciada no dia 2 de abril de 1982, ainda é assunto cotidiano em nosso país vizinho. Trinta anos se passaram e a ferida no orgulho do povo argentino ainda não cicatrizou. Pelo contrário. O feriado no país, que lembra o início do conflito, foi marcado por protestos, discursos e homenagens aos que perderam a vida nas Malvinas, hoje Falklands, e por toda Buenos Aires é possível perceber que a derrota para os ingleses ainda é um fato difícil de ser encarado.

O Editorial J esteve na capital argentina no começo do mês de abril para mostrar o ambiente da cidade no dia em que se lembrou três décadas do episódio.

Confira:

Reportagem: Leonardo Cardoso

Deixe um comentário