Vidas invisíveis

Moradores de rua estão cada vez mais discriminados. Vistos de maneira equivocada, vivem, ou sobrevivem, em uma espécie de invisibilidade. Com o projeto Vidas Invisíveis, retrato seus cotidianos e exponho o esquecimento a que são submetidos. Tento torná-los visíveis novamente. Seguindo o movimento straight photography, busco a fotografia mais pura e objetiva, apresentando o dia a dia da maneira mais realista possível.

Texto e fotos: Guilherme Almeida (5º semestre)

Deixe um comentário